Philosophy & Mission

Projeto Promovendo a Vida

O Projeto Promovendo a Vida é um exemplo de atividade de Extensão Universitária e Responsabilidade Social na qual os princípios da Filosofia Adventista de Saúde são apresentados para os pacientes que convivem com o câncer ou são sobreviventes, como uma forma de testemunho, além de confirmar os princípios da nossa filosofia para os alunos.

Para fundamentar as ações os conceitos de Promoção de Saúde e os princípios da Logoteoria e Análise Existencial são aplicados, buscando o desenvolvimento de valores atitudinais e auxiliando o paciente na busca de uma vida plena. A atividade é realizada na Rede Feminina de Combate ao Câncer, uma entidade filantrópica, que atende pessoas em situação de vulnerabilidade social acometidas pelo Câncer.

Photo: Pixabay

O projeto envolve alunos do curso de graduação em Enfermagem através da formação do vínculo para identificação das necessidades dos pacientes; construção do relacionamento de ajuda para animar, encorajar, confortar e trazer a esperança; atividades em grupo para compreensão da doença e tratamento; abordagem da importância dos aspectos psíquicos e espirituais para o enfrentamento da doença; momentos de confraternização e alegria.

A primeira atividade enfatiza a importância da esperança no tratamento. Logo em seguida, várias dinâmicas são realizadas que abordam temas que abrangem desde a importância do estilo de vida até reflexões sobre fé, amizade, esperança e sentido de vida.

Com os pacientes adultos uma atividade que merece destaque é o chá da tarde anticâncer, quando é apresentado para os pacientes princípios de alimentação saudável e alimentos que auxiliam no combate à doença.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a alimentação e a nutrição inadequadas são classificadas como a segunda causa de câncer que pode ser prevenida. A pesquisa aponta que essas questões são responsáveis por até 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento, como o Brasil, e por aproximadamente 35% das mortes pela doença. Uma alimentação rica em frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, e pobre em alimentos ultraprocessados, como aqueles prontos para consumo ou prontos para aquecer e bebidas açucaradas, podem prevenir de 3 a 4 milhões de casos novos de câncer a cada ano no mundo.

Com as crianças sobreviventes do câncer a abordagem é fundamentada no fato de que aproximadamente dois terços das crianças e adolescentes que terminaram o tratamento do câncer irão apresentar algum tipo de efeito tardio. (Whitaker et all, 2013). Nesse sentido, o desenvolvimento de hábitos saudáveis é fundamental para a qualidade de vida da criança, porém estes devem ser apresentados de forma agradável para que não se torne mais um peso na vida dessa criança que já passou por tanto sofrimento.

A abordagem dos oito remédios naturais é realizada de forma lúdica nos diferentes espaços do Instituto para que a criança brinque e ao mesmo tempo aprenda sobre como cuidar do seu corpo.

As atividades trazem um grande impacto tanto para os pacientes como para os alunos, confirmando que a filosofia de saúde apresentada por Deus é promotora de qualidade de vida, o que nos leva à reflexão sobre as estratégias para a apresentação da filosofia de saúde como evangelismo, além da necessidade da sua confirmação no nosso meio.

Reportagens do Projeto:

“Chá da tarde anticâncer”, ação que promove qualidade de vida

Ação do curso de Enfermagem no IAP é destaque na Rede Massa

Crianças em tratamento contra o câncer aprendem com a natureza


Nota: Artigo escrito e postado em Português

Noely Cibeli dos Santos

Mestre em Saúde do Adulto e Bacharel em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo; Docente no Curso de Enfermagem da Faculdade Adventista Paranaense. Docente em cursos de graduação em Enfermagem e coordenadora de projetos de extensão universitária desde 2001.

Latest posts by Noely Cibeli dos Santos (see all)


Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *