Communication & Cooperation

Trabalho em equipe: a comunicação

Certamente você já ouviu muitas vezes que trabalhar em equipe é melhor do que fazer as coisas sozinho; que a união faz a força; que colaborando é possível ter melhores resultados em menos tempo. Mas, na prática, é sempre assim? É fácil trabalhar em equipe? Trabalhar em equipe faz com que as pessoas sejam realmente mais criativas e produtivas?

Se você já teve a experiência de trabalhar em uma equipe ou teve que supervisionar um grupo de especialistas em alguma área sabe por experiência que formar uma equipe não é tão simples assim. Não é tão fácil como reunir quatro ou cinco pessoas em torno de um projeto e esperar que, pelo fato de ter um objetivo comum, eles conseguirão se unir e produzir resultados de qualidade. Assim como algumas equipes obtêm excelentes resultados, muitos falham e não alcançam seu pleno potencial, independentemente da natureza do projeto. Por que essa diferença?

Photo: Gettyimages

Uma pesquisa liderada por Alex Pentland do Instituto Tecnológico de Massachussetts avaliou muitas equipes de diferentes áreas de negócios que tinham características semelhantes, mas que apresentavam resultados muito diferentes. Para a surpresa deles, os resultados mostraram que o fator chave que explicava boa parte dessa diferença era a comunicação entres os membros da equipe. Não só isso, eles descobriram que mais importante do que o conteúdo era a forma como a equipe se comunicava.

Dois resultados apresentados no artigo de Pentland chamaram minha atenção:

  1. A forma mais valiosa de comunicação é a cara a cara. E-mail e mensagens de texto são os menos valiosos. No meio ficaram o telefone e videoconferência, dependendo do número de pessoas participando na reunião. Essas tecnologias mostraram ser menos efetivas quando o número de participantes era maior.
  2. O talento individual contribui muito menos para o sucesso da equipe do que se poderia esperar. Aparentemente, a melhor maneira de construir uma equipe de sucesso não é selecionar indivíduos por sua capacidade ou realização, mas aprender como os membros se comunicam e orientar a equipe para que desenvolva padrões de comunicação bem-sucedidos.

Valorize a comunicação pessoal e aproveite cada oportunidade que tiver para interagir cara a cara com seus colegas ou liderados. Incentive a colaboração—formal e informal–entre os membros da equipe. A comunicação electrónica tem seu lugar e utilidade, porém, não pense que ela pode ocupar o lugar da comunicação pessoal. Reconhecer a importância da comunicação e estudar as formas e métodos mais eficazes de interação podem elevar a criatividade, produtividade e motivação da sua equipe a níveis cada vez mais elevados.

Pentland, A. (2012). The New Science of Building Great Teams. Harvard Business Review, 90(4), 60-69.

 

Roy Mayr

Roy Mayr

PhD in Business, Engenheiro Informático e Bacharel em Ciências da Engenharia. Serve atualmente como assistente para projetos especiais do Departamento de Educação da Divisão Sul-Americana. Serviu por 19 anos na área de tecnologia em instituições de educação superior na Argentina, Chile e Filipinas.
Roy Mayr

Latest posts by Roy Mayr (see all)


Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *