Curriculum

Como ensinar educação financeira baseada em princípios bíblicos

Devido aos problemas causados pelo crescimento do consumismo sem planejamento e a falta da educação financeira nas famílias, nasce a necessidade de ensinar crianças sobre a administração das finanças. Esse trabalho pode ser realizado em parceria com as famílias. A ideia é que os pais deem continuidade às ações conscientes, levando sempre seus filhos a participarem da contabilidade das despesas do lar.

Photo: Pixabay

Como somos uma rede educacional que tem sua filosofia baseada em princípios cristãos, podemos inserir no projeto versos bíblicos que fundamentam as atitudes corretas quanto ao uso do dinheiro. No site Esperanca.com.br podemos encontrar citações que exploram esse princípio, e que levam as crianças a compreenderem que:

  1. Tudo o que temos pertence a Deus.  “Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem” (Salmo 24:1).
  2. É Deus quem nos capacita para ganharmos dinheiro.  “Lembrem-se do Senhor, o seu Deus, pois é ele que lhes dá a capacidade de produzir riqueza” (Deuteronômio 8:18).
  3. Muitas coisas têm mais valor do que o dinheiro.  “A boa reputação vale mais que grandes riquezas; desfrutar de boa estima vale mais que prata e ouro” (Provérbios 22:1).
  4. Devemos utilizar ao máximo nossas capacidades em trabalho sério e honesto. “As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza” (Provérbios 10:4).
  5. É preciso saber viver com o que se ganha. “Não devam nada a ninguém” (Romanos 13:7-8). Isso implica em não gastar mais do que podemos pagar. Devemos cuidar para não assumirmos compromissos financeiros que ultrapassem as nossas condições financeiras.
  6. O orçamento familiar precisa de um plano. Para que a família tenha o suficiente para si e para repartir com os necessitados, é preciso que se tenha um planejamento. “Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la?” (Lucas 14:28).

A prática de atividades significativas, dentro da realidade, da necessidade e do interesse das crianças, desenvolve competências e habilidades nos pequenos consumidores que possibilitarão às famílias uma visão da importância da educação financeira no lar. Para que essa educação financeira seja algo agradável basta unir o pedagógico com o lúdico.

Leia mais sobre o assunto:

Administração Eficaz. Ellen G. White, Editora Casa Publicadora Brasileira.

Administração Financeira da Família. Antônio Oliveira Tostes, Editora Casa Publicadora Brasileira.

O Ouro de Deus em Minha Mão. Denton E. Rebok, Editora Casa Publicadora Brasileira

 

Este artigo é a parte 2 de uma série de dois artigos. Na semana anterior foi publicado a parte 1.


Nota: Artigo escrito e postado em Português.

Kátia Regina Lanzendorf

Kátia Regina Lanzendorf

Pós-graduada em Metodologia e Práticas de Ensino, atua como professora há mais de 24 anos na rede de Educaçao Adventista. Atualmente trabalha na Escola Adventista de Tubarão, Brazil. Trabalhou 12 anos com a educação infantil e oito anos com alfabetização.Em 2015 passou a lecionar para a turma do 5º ano.
Kátia Regina Lanzendorf

One comment

  • | 4 months ago

    Gostei.

Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *