Themes

Reflective Practice

Como ajudar os alunos a usarem as mídias sociais de maneira positiva

As pessoas que utilizam as mídias sociais para acompanhar conteúdo religioso acabam substituindo experiências reais por experiências virtuais. Esse é um ponto de alerta para reflexão, considerando que o ser humano tem a necessidade da convivência e a participação presencial na igreja. Esse tipo de experiência religiosa traz benefícios para a vida pessoal. Informações sobre a Igreja Adventista do Sétimo Dia contribuíram para esta análise.

Person planning with a phone on his desk.
Photo: Unsplash

Diante do cenário atual, a questão não é viver fora desta revolução, mas utilizar estes meios de forma intencional, com objetivos claros e propósitos espirituais estabelecidos.

Veja algumas dicas de como auxiliar os seus alunos a usarem as redes sociais de maneira positiva:

  1. Use as redes sociais a favor da aprendizagem – Aproveite essa ferramenta para unir classes diferentes para participarem de grupos de estudos ou discussões.
  2. Oriente os alunos sobre o uso da internet – Promova grupos de discussão sobre como usar a internet de maneira positiva e sobre os possíveis problemas que podem surgir no uso inadequado.
  3. Aborde o assunto com os pais também – Pode ser em escolas de pais, reuniões ou algum outro momento apropriado. Um dos aspectos importantes são os pais perceberem que eles também precisam auxiliar os filhos.
  4. Alerte os alunos sobre a veracidade das informações encontradas na internet – muitas vezes na ânsia de querer aproveitar o máximo da rede, os alunos podem acreditar ou compartilhar informações não verdadeiras ou que não acreditam, porque não analisaram criticamente o conteúdo previamente.
  5. Se informe sobre o assunto – pesquise sobre as novidades do mundo virtual, pesquisas recentes e novas tendências. Isso pode aproximar a discussão do assunto à realidade dos pequenos.

Obviamente que atualizar-se e desenvolver habilidades no uso das atuais tecnologias midiáticas é uma premissa necessária para quem vive este momento. A internet é um espaço propício para este desenvolvimento, além de rápido acesso a informações, é possível disseminar aprendizados, inclusive relacionados às crenças. No entanto, aos pais e educadores auxiliarem essa nova geração a analisar criticamente os limites da sua participação individual, assim como promover reflexões quanto à influência que ela exerce sobre as crenças e os valores familiares.

*O artigo é a última parte de uma série de três artigos. Ler o artigo o primeiro artigo. Ler o segundo artigo da série. 


Nota: Artigo escrito e postado em Português.

Helen Candido

Helen Candido

Com mais de 20 anos de experiência na área digital, atua principalmente na gestão de projetos de internet, marketing digital e tecnologia educacional. É Chefe do Portal da Educação Adventista e CPB Digital na Casa Publicadora Brasileira.
Helen Candido

Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *