Themes

Best Practices

Pedagogia Hospitalar: Projeto Desejos do Coração (parte 1)

A Pedagogia Hospitalar atua em duas grandes áreas no espaço hospitalar: a área acadêmica, através das classes hospitalares para que a criança hospitalizada por longos períodos não perca o ano escolar, e a área humana, na qual proporciona um pouco de humanização no ambiente frio e triste dos hospitais. Entre os diversos programas que já existem no mundo, o Make-A- Wish é um dos que se destacam.

Segundo o site oficial do Make-A-Wish Brasil, “para a criança que tem seu futuro ameaçado por uma doença grave, ter um sonho realizado significa que tudo é possível, que vale a pena acreditar”.

happy mother showing something in book to son on wheelchair

Uma pesquisa realizada pela Make-A-Wish América comprova essa afirmação:

89% dos pais observaram um aumento na força emocional da criança, que pôde ajudá‐la na melhoraria do quadro médico
81% dos pais observaram um aumento na vontade da criança continuar com o tratamento contra a doença;
97% dos pais afirmam que houve um aumento da união familiar
84% dos pais observam uma redução no nível de ansiedade e temor dos filhos.

Como não existe facilidade de acesso aos alunos de graduação para vivenciar a Pedagogia Hospitalar no ambiente profissional, decidimos recriar a proposta do Make-A-Wish num formato de projeto, com uma nova roupagem, para promover e favorecer a aproximação da teoria com a prática na disciplina de Pedagogia Hospitalar.

A proposta desse projeto era que os alunos do VII semestre do Curso de Pedagogia, localizassem uma criança com alguma enfermidade grave. E após alguns contatos pessoais e informais, deveriam identificar um sonho da criança.  Esse sonho poderia ser: TER/ SER/IR/CONHECER/ alguma coisa, lugar ou pessoa. Sendo que nosso maior enfoque é no SER. Depois de identificar os sonhos da criança, os alunos, organizados em pequenos grupos, deveriam realizar um desses sonhos.

Com o projeto, muitos sonhos foram realizados. Sonhos como: ganhar um celular, conhecer a praia, conhecer um shopping, fazer um book fotográfico, entre muitos outros, podem parecer simples, mas dependendo da situação financeira e da enfermidade são grandes sonhos e podem exigir a superação de obstáculos para serem realizados. Veja três exemplos:

  1. Menino que passou por 3 cirurgias no cérebro: realizou o sonho de ser policial por um dia. Ver a reportagem sobre a iniciativa.
  2. Menino com doença rara (Anemia de Fanconi): realizou o sonho de ser médico por um dia.
  3. Menina de cadeira de rodas: realizou o sonho de fazer um ensaio fotográfico.

Os resultados do projeto foram bastante positivos. O projeto ainda teve uma repercussão na comunidade maior do que as expectativas dos envolvidos.

*Na próxima semana veja a segunda parte desse artigo destacando como aplicar esse projeto e os benefícios dele para a formação de futuros professores.

Para saber mais sobre o assunto:

ASSIS, Walkiria de. Classe Hospitalar– um olhar pedagógico singular. 1. ed. São Paulo: Phorte editora, 2009.

CAMPOS, TCP. Psicologia Hospitalar: Atuação do Psicólogo em Hospitais. São Paulo: EPU editora, 1995.

ESTEVES, Claudia R. Pedagogia hospitalar: um breve histórico.Publicado em 2008.

FONTES, Rejane. A escuta pedagógica à criança hospitalizada: discutindo o papel da educação no hospital.Revista Brasileira de Educação, n° 29. Rio de Janeiro, maio/agosto 2005.

MATOS, Elizete Lucia Moreira; MUGIATTI, Margarida Maria Teixeira de Freitas. Pedagogia Hospitalar: a humanização integrando educação e saúde. Petrópolis: Vozes. ISBN: 9788532634085, 2009.

PORTO, Olívia. Psicopedagogia Hospitalar- intermediando a humanização na saúde. Rio de Janeiro: Wak editora: ISBN: 978-85-88081-99-4, 2008.


Nota: Artigo escrito e postado em Português.

Luciane Hees

Luciane Hees

Doutora em Psicologia da Educação na PUC - SP na área de formação de professores. Mestre em educação, especialista em Supervisão Escolar e Docência Universitária e graduada em Pedagogia. Exerceu a função de Coordenadora Pedagógica, Administradora Escolar e Orientadora Educacional na Educação Básica, assim como coordenou o Curso de Pós-Graduação em Docência Universitária e as atividades de estágio do Curso de Pedagogia. Atualmente é Professora Universitária do Centro Universitário Adventista de São Paulo.
Luciane Hees

Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *