Themes

Philosophy & Mission

Uma escola segundo a vontade de Deus (parte 2)

Na primeira parte da série de dois artigos, foram apontadas duas características de uma escola segundo a vontade de Deus: (1) Uma educação tão alta como o Céu e (2) Natureza como ciência.

Veja mais três características de uma escola que cumpre a missão de Deus:

  • Buscar sabedoria na fonte – Referencial pedagógico

“Na presença de tal Ensinador, de tais oportunidades para educação divina, é mais que loucura procurar educação fora dEle. É inútil procurar ser sábio desviado da Sabedoria, querer ser verdadeiro ao mesmo tempo em que se rejeita a Verdade, procurar iluminação fora da Luz, e existência sem a Vida, enfim, deixar a Fonte das águas vivas e cavar cisternas rotas que não podem fornecer água.” (Educação, p.83)

Asian female teacher teaching diversity kids reading book in classroom,Kindergarten pre school conceptUma instituição educacional segundo a vontade de Deus deve valorizar a pesquisa pedagógica, assim aprimorando o conhecimento para melhor servir e mediar. Achar que sabemos tudo e que o conhecimento que temos é o bastante para ensinar, não caracteriza um profissional empenhado e de excelência. Por isso, tanto professor quanto gestor devem se empenhar na busca pelo conhecimento.

São muitas as correntes educacionais, filosofias e teorias espalhadas pelo mundo. Algumas delas apresentam propostas coerentes, que devem ser levadas em consideração pelos profissionais da área. Porém, só através do estudo continuo e da dependência divina podemos ensinar com excelência e aprimorar nossa habilidade. Ele é a fonte da vida e da sabedoria. Vem de Deus, e somente dEle, a base da verdadeira e mais pura forma de educar, o amor. O amor precisa ser o método e a filosofia de uma escola pensada por Deus.

  • Saúde – Domínio próprio

 “Na primeira educação da criança muitos pais e professores deixam de compreender que se deve dar a maior atenção à constituição física, para que se possa assegurar uma condição sadia do corpo e da mente.” (Orientação da Criança, p.103)

Deus presenteou seus filhos com ensinamentos quanto aos hábitos alimentares para uma qualidade de vida integral. Quando Deus criou o ser humano, também pensou no sustento de seu corpo. Com todo carinho e de forma minuciosa planejou cada alimento com vitaminas que auxiliariam na manutenção. Se a humanidade refletisse sobre sua atual situação, veria o quão distante está da vontade do Senhor, em relação ao que come e como vive.

A escola pode auxiliar seus alunos nesse processo, direcionando-os e proporcionando um ambiente favorável para a construção de hábitos saudáveis.

“O primeiro estudo da criança deve ser conhecer a si mesma, e saber como conservar o corpo com saúde.” (Orientação da Criança, p.103)

Assim como ensina-se matemática, português, geografia, física e química, a escola segundo a vontade de Deus deve ensinar sobre saúde e prevenção de doenças. Uma prática frequente nas escolas: premiar ou presentear alunos com guloseimas recheadas de açúcar e química, alimentos que não favorecem o aprendizado da criança. De nenhuma maneira oferecer doces em sala de aula favorecerá a construção de tais hábitos saudáveis. Devemos repensar algumas ações praticadas no convívio com as crianças, já que podem influenciar e deixar marcas difíceis de apagar.

  • Ensinar pelo exemplo

O adulto é espelho, um modelo para quem ainda não entende e não consegue enxergar o todo. Os adultos são responsáveis pela formação de bons e maus hábitos daqueles que os sucedem. Como gestores e professores, devemos avaliar cada intenção, observar cada ação, pesar cada passo dado. Como tratamos nossos colegas de trabalho, como falamos ao telefone, como nos alimentamos, como nos vestimos, o que lemos e ouvimos.

O professor não deixa de ensinar ao sair de sala de aula. O seu exemplo ainda pode impactar de maneira positiva ou negativa a vida dos que o enxergam como referência.

Ao olharmos para Cristo como nosso modelo e referencial, alcançamos forças para seguir em frente. Aprender ao Seu lado e guiado por Sua luz é o maior privilegio de um educador.

Educar é uma missão tão nobre, que o próprio Deus fez questão de vivenciá-la na prática. Através de seu exemplo podemos nos inspirar a seguir tão nobre missão.Nosso exemplo é Cristo e através dEle, alcançamos o ideal de Deus para a jornada educacional. Ele revolucionou o mundo ensinando com o método mais perfeito existente na Terra, o amor.

O que você pode fazer para seguir o exemplo de Cristo hoje?


Nota: Artigo escrito e postado em Português.

Malú Loiola

Formada em pedagogia. É autora do blog Diário de uma Professora, onde compartilha informações do universo educacional. Atuou como professora regente nas escolas Adventistas de Sorocaba e Vila Matilde, dedicando-se ao ensino infantil. Atualmente dedica-se em tempo integral ao universo materno, acompanhando o processo de desenvolvimento de sua filha Alice.

Latest posts by Malú Loiola (see all)


Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *