Themes

Philosophy & Mission

Projeto Baú de Orações

Nem todos os alunos têm a oportunidade de ter em casa um bom ambiente espiritual. Não importa a idade, sempre existe a oportunidade de transformar e marcar a vida dos estudantes academicamente e também espiritualmente. Foi com esse objetivo que começamos o projeto Baú de Orações. A intenção é de alguma maneira levar Jesus aos alunos e as famílias através da oração, além de promover a socialização e a harmonia entre os estudantes em sala de aula. Como consequência, o projeto também contribui para estreitar os laços entre filhos e pais.

Parent and children holding hands and praying together on blue wooden tableO Baú de Orações é realizado em algumas etapas:

  1. Baú: O professor deverá providenciar um baú de madeira ou uma caixa de sapato encapada com um papel bonito. Dentro desse baú deverá ser colocada uma caixinha de promessas e algo gostoso para que o aluno possa comer e compartilhar com sua família.
  2. Amigo Secreto: Em sala de aula é realizado um amigo secreto com o nome dos alunos e do professor. O professor sorteia o primeiro estudante que vai levar o baú para casa por um dia. Esse aluno vai também sortear o nome de um colega de classe por quem ele vai orar e colocar o papel com o nome do colega dentro do baú.
  3. Oração em Família: Ao chegar em casa a criança deve ler um texto da caixinha de promessas e, junto com a família, orar pelo colega que sorteou e pela família dele.
  4. Escola: O baú deverá voltar para a escola no dia seguinte com a caixinha de promessas e algo para o colega saborear. O aluno entrega o baú ao colega por quem ele orou e relata como foi orar por ele e por sua família. Em seguida o colega por quem orou sorteia um novo colega para ele orar por um dia.
  5. Corrente de Oração: A ideia do projeto é fazer uma corrente de oração onde todos os alunos sejam envolvidos e orem uns pelos outros. O amigo secreto precisa ser realizado até que todos tenham participado. Para dar certo é importante que o aluno que a professora sorteou fique de fora dos sorteios e, ao final, o último aluno a ser sorteado vai orar pelo primeiro estudante e a família dele, os que começaram a corrente de oração.

Os pais e alunos são envolvidos no projeto. Ao final, pode ser realizada uma roda de conversas para que os alunos possam contar como foi essa experiência em casa.

De que outras maneiras podemos incentivar nossos alunos a orar uns pelos outros?

Vânia Santana

Graduada em Matemática pela UNIFEV, atuou nessa área por três anos. Também é Graduada em Pedagogia pela UNOPAR e atua nessa área há três anos, atualmente é professora do 3º ano do Ensino Fundamental na Escola Adventista de Fernandópolis, São Paulo - Brasil.
Vânia Santana

Latest posts by Vânia Santana (see all)


Leave a Comment

We welcome and encourage constructive, respectful and relevant comments. We reserve the right to approve comments and will not be able to respond to inquiries about deleted comments. By commenting, you agree to our comment guidelines.

Your email address will not be published. Required fields are marked *